Bebê estuprada deve passar por reconstituição da parte íntima

Ela apresenta graves hematomas na região íntima

A criança de 1 ano e 3 meses, vítima de abuso sexual em um matagal na cidade de Pedro II (195 km de Teresina), teve o estupro confirmado após o resultado do laudo realizado no IML (Instituto Médico Legal), em Teresina. A menina de iniciais N.K.S teria sido retirada de dentro de casa na madrugada de domingo (07), e levada até um terreno, conhecido pela presença de dependentes químicos.

A criança só foi localizada por volta das 8h e ao seu lado foi encontrado um preservativo usado. Em ação conjunta das policiais militar e civil e o conselho tutelar da cidade, a menina foi encaminhada para capital piauiense. Após o resultado do laudo pericial, a menina foi levada para Maternidade Dona Evangelina Rosa em Teresina, onde segue internada e deve passar por uma cirurgia de reconstituição do órgão genital.

Ela apresenta graves hematomas na região íntima, além de lesões na rosto e na boca, no entanto, não corre risco de morte. A delegada Camila Rodrigues, da Delegacia Regional de Pedro II, já iniciou a investigação do crime e deverá ouvir algumas testemunhas nas próximas horas. Nenhum suspeito foi identificado e preso até o momento.

Os familiares da criança também serão ouvidos. A mãe da menina estaria em uma festa no momento em que ela foi raptada e violentada. A menina estava sob cuidados de uma tia, que só percebeu a ausência da sobrinha no momento em que foi amamentar sua filha durante a madrugada e seguiu rumo a delegacia para registrar um Boletim de Ocorrências (B.O).

 (Crédito: FM Imperial)
Preservativo foi encontrado no matagal onde a criança foi localizada (Crédito: FM Imperial)
 (Crédito: FM Imperial)
(Crédito: FM Imperial)
Suposta roupa da criança deixada no local (Crédito: FM Imperial)
Suposta roupa da criança deixada no local (Crédito: FM Imperial)
Bebê teria sido raptada pela janela do quarto em que dormia (Crédito: FM Imperial)
Bebê teria sido raptada pela janela do quarto em que dormia (Crédito: FM Imperial)
Fonte: Portal Meio Norte