Bebê passa 11 dias internado e morre após engolir 12 pedras de crack

A criança, que não teve o nome identificado, estava internado há 11 dias em estado grave.


Um bebê de um ano e quatro meses morreu na noite desta quinta-feira (26), na cidade de Curitiba após complicações causadas por uma intoxicação por engolir 12 pedras de crack. A criança, que não teve o nome identificado, estava internado há 11 dias em estado grave. 

"Ao chegarmos lá, abordamos a mãe, o padrasto e a avó do menino. Após constatarmos a situação, deslocamos até a casa da família, localizada na Vila São Jorge III, área já conhecida por tráfico e consumo de drogas. Fizemos uma vistoria, mas nada de ilícito foi encontrado”, contou o soldado José Luiz Pinheiro Floriano em entrevista ao site 'Blog Plantão 190' . 

A mãe da criança, que tem 21 anos e está grávida de oito meses, contou que estava procurando pelo filho e o encontrou em um beco, na frente da residência, já com o comportamento agitado. “Segundo informações preliminares recebidas no local da ocorrência, o menino teria engolido 12 pedras de crack”, disse a soldado Pinheiro. Segundo os policiais, ela seria traficante de drogas e está presa. 

A polícia ainda aguarda o laudo da morte da criança. Se for comprovado que o motivo foi a ingestão de crack, a mãe dela deve ser indiciada por abandono de incapaz e maus-tratos.

Fonte: iBahia