Boates liberam álcool para adolescentes na zona leste de THE

Dentro da boate, os jovens ficam à vontade para consumir bebidas alcoólicas e fumar,

Teoricamente, menores de 18 anos não podem entrar em boates. Na prática, os jovens teresinenses freqüentam as mais badaladas casas noturnas com a maior facilidade. Na boate Taj Mahal, por exemplo, os seguranças sequer exigem a carteira de identidade.

Dentro da boate, os jovens ficam à vontade para consumir bebidas alcoólicas e fumar, o que é proibido, de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente. O estabelecimento que vende bebidas alcoólicas a menores, de acordo com a Lei de Contravenções Penais, é ilegal.

?Desde que inaugurou eu venho aqui todas as sextas e nunca verificaram minha idade?, disse o adolescente G. de 17 anos que estava na companhia do irmão ainda mais novo, com 15 anos. A turma de jovens comprou um litro de wisk e afirmou à reportagem que a garrafa foi adquirida no bar da boate sem quaisquer restrições. ?Aqui não tem ?onda? com bebida para menores não. Eu venho aqui sempre e bebo o tanto que quiser?.

No outro espaço na boate uma turma de jovens entre 15 e 17 anos também se diverte com garrafas de long neck. Todos bebem à vontade e não se acanham diante das câmeras fotográficas em mostrar as garrafas de cerveja. Os jovens G. 17 , R. 17 e F. 16 declararam que sempre freqüentam o local. Todos estavam consumindo bebida alcoólica.

Nas dependências da boate é visível o grande número de pessoas que aparentam ter menos de 18 anos. No menu de bebidas que fica em cima do balcão do bar não há nenhuma orientação informando que menores não podem consumir bebidas alcoólicas.

A Juíza de Direito da 1ª Vara da Infância e Juventude de Teresina, Maria Luiza de Moura Mello e Freitas, informou ao Jornal Meio Norte que o juizado vai encaminhar uma portaria de advertência ao proprietário da Boate, Raniere Pinto. Em caso de reincidência a casa noturna deve ser fechada.

Raniere Pinto informou que vai verificar com a segurança do estabelecimento o porquê da ausência de fiscalização. Ele acrescenta que a boate tem placas informativas proibindo o consumo de bebidas alcoólicas.

Fonte: Carolina Durães, Jornal Meio Norte