Brasileira obrigada a se prostituir na Argentina é resgatada

Quatro pessoas foram detidas, disseram hoje fontes policiais

A Polícia Federal da Argentina resgatou uma brasileira e cinco paraguaias obrigadas a se prostituir na cidade de Azul, a 360 km de Buenos Aires. Quatro pessoas foram detidas, disseram hoje fontes policiais.

Todas as vítimas, com idades entre 19 e 31 anos, eram imigrantes em situação irregular no país. Elas foram colocadas sob custódia de um escritório para a proteção de vítimas de tráfico de pessoas, disseram as fontes à Agência Efe.

As mulheres foram resgatadas de dois bordéis da cidade, localizada no centro da província de Buenos Aires, depois que uma delas conseguiu fugir e denunciar sua situação à polícia, disseram.

Os detidos, dois homens e outras tantas mulheres cuja nacionalidade foi mantida em sigilo, foram colocados à disposição do juiz federal Juan Comparato, sob a acusação de fazer parte de uma quadrilha que trazia pessoas do Paraguai.

Fonte: Terra, www.terra.com.br