Brasileiro é condenado à prisão perpétua na Suíça por estuprar menina de 4 anos

O homem, que na época do crime tinha 21 anos, não teve o nome divulgado

Um brasileiro de 30 anos foi condenado à prisão perpétua, na Suíça, por ter estuprado uma menina de quatro anos, em Lucerna, há nove anos. Nesta quinta-feira (26), o Tribunal Federal suíço julgou seu último recurso.

O homem, que na época do crime tinha 21 anos e que não teve o nome divulgado, ia se encontrar com um traficante de cocaína, mas se enganou de apartamento e entrou na porta errada. Ali, encontrou uma mulher de 77 anos com sua neta, de apenas quatro. Após bater na idosa até deixá-la inconsciente, o brasileiro agrediu sexualmente a menina. O estuprador foi preso e identificado por meio de um exame de DNA.

No primeiro julgamento, o brasileiro foi condenado à prisão perpétua, mas, após a apresentação de um recurso, a sentença foi anulada e o tribunal do cantão de Lucerna o condenou a sete anos de cadeia e o obrigou a passar por um tratamento psicoterapeutico.

No entanto, após uma investigação médica feita ano passado, que mostrou que o brasileiro não podia ser curado com terapia, o Tribunal Federal voltou atrás na decisão e voltou a condenar o agressor à prisão perpétua.

Fonte: UOL