Brasileiro é preso com cocaína líquida em Barcelona

M.C.R., 22 anos, teria embarcado em Bogotá, depois de engolir as cápsulas plastificadas

Um jovem brasileiro foi preso no aeroporto de Barcelona acusado de transportar 1.300 gramas de cocaína líquida. O rapaz viajou entre a Colômbia e a Espanha com 88 pequenos cilindros da droga no estômago.

M.C.R., 22 anos, teria embarcado em Bogotá, depois de engolir as cápsulas plastificadas de 15 gramas cada.

Segundo a polícia espanhola, o brasileiro chamou atenção "porque demonstrou grande nervosismo e deu respostas incoerentes ao ser perguntado sobre o motivo da sua viagem à Barcelona", disse um porta-voz da polícia espanhola à BBC Brasil.

Ao não encontrar objetos suspeitos na mala, os funcionários do Serviço Espanhol de Aduanas do aeroporto recomendaram a polícia fazer exames de raio-X no passageiro.

A droga estava em estado líquido "compactada em um plástico fino e fechado de forma térmica", explicou a polícia.

O brasileiro foi levado ao hospital de Bellvitge, em Barcelona, para expulsar as cápsulas e fazer uma lavagem de estômago.

Segundo a polícia, a cocaína líquida tinha "forma espessa e cor de mel". E o passageiro correu perigo de vida ao voar com a droga no estômago porque, se algum dos cilindros estourasse, "haveria uma alta probabilidade de parada cardíaca".

Assim que saiu do hospital o brasileiro foi levado à delegacia, acusado de delito contra a saúde pública por tráfico de entorpecentes e pode ser condenado a uma pena de três a nove anos de prisão.

Esta foi a maior apreensão de cocaína líquida no aeroporto de El Prat em Barcelona. E foi também a segunda encontrada em 2009, já que no mês de maio um colombiano foi pego com 966 gramas camufladas em 60 cilindros.

Fonte: g1, www.g1.com.br