Brigas no Carnaval de Salvador deixam mais de 1 mil feridos

Brigas no Carnaval de Salvador deixam mais de 1 mil feridos

Das mais de 5 mil pessoas atendidas, 137 foram transferidas a algum hospital

Mais de 1 mil pessoas receberam atendimento médico por agressões físicas durante o Carnaval de Salvador, da noite de quinta-feira até a manhã desta terça-feira. Ferimentos causados em brigas foram os principais atendidos pelos postos de saúde distribuídos pela capital baiana - 1.085 de um total de 5.486 atendimentos.

O número de agressões desse tipo foi maior no circuito Barra-Ondina, mas os mais graves ocorreram no circuito Osmar (Campo Grande). A maioria das vítimas era homens jovens, de 20 a 29 anos.

Das mais de 5 mil pessoas atendidas, 137 foram transferidas a algum hospital. Os médicos também atenderam quatro mulheres em trabalho de parto na segunda-feira - duas delas foram levadas às maternidades Tsylla Balbino e Climério de Oliveira.

Fonte: Terra, www.terra.com.br