Brincadeira com arma acabou em morte

Jovens encontraram revólver e disparo atinge a cabeça de um dos envolvidos em Botucatu

Um adolescente morreu com um tiro na cabeça em Botucatu, a 240 km de São Paulo. Tudo começou com uma brincadeira entre quatro jovens, que encontraram a arma na casa do pai da vítima, onde todos jogavam videogame. Após retirarem as balas do revólver calibre 38, os adolescentes começaram a apertar o gatilho, sem se darem conta que um dos cartuchos ainda estava na arma.

O disparo feriu gravemente um dos jovens, que ainda foi socorrido, mas morreu no hospital da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Antes do resgate, o pai da vítima, Halysson Gonçalves de Camargo, de 34 anos, escondeu a arma e inventou uma outra versão. Depois da morte do filho, contudo, ele confessou que era o dono do revólver e foi preso.

Fonte: R7, www.r7.com