Cabeleireiro é morto por espancamento em Bocaina

Zezinho foi levado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos e veio a óbito

Mais um crime bárbaro assustou a população bocainense. A sociedade que estava chocada com o caso do esposo que matou a mulher no Povoado Cajueiro e depois se suicidou, deparou-se com outro caso. Dessa vez foi no centro da cidade. Um homem de aproximadamente 60 anos, conhecido como ?Zezinho cabeleireiro?, foi encontrado em sua residência na última quinta-feira (17) com sinais de espancamento.

Zezinho estava sem sair de casa desde a segunda feira (14). Preocupada com o sumiço da vítima, a família a casa dele e a mesma encontrava-se fechada, mas era possível ouvir o gemido de Zezinho dentro da casa, então por volta das 9h ?arrobaram? a porta, e encontraram a casa bagunçada e Zezinho deitado no chão sem camisa, com sinais e marcas de agressão.

Ainda com vida, a vitima falou que tinha sido espancado na segunda feira (14) e que não teve forças pra pedir socorro. Ele foi levado pelo SAMU para Picos, mas não resistiu e veio a óbito.

Há suspeitas de que Zezinho foi violentado sexualmente e espancado. O corpo dele foi levado para Teresina onde serão feitas analises. Zezinho era muito conhecido em Picos, onde possuiu um salão por vários anos, atualmente ele estava morando em Bocaina onde também tinha um salão.

Fonte: Bocaina News