Cabral inaugura 14ª UPP em clima tranquilo

Ele caminhou pelas ruas da comunidade e cumprimentou moradores.



Foi com a tranquilidade que se espera que todos os moradores tenham daqui para a frente pelas ruas e vielas do Morro São João, no Engenho Novo, no subúrbio do Rio, que o governador Sérgio Cabral chegou à comunidade para a inauguração da 14ª Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da cidade. Ele foi acompanhado do vice-governador Luiz Fernando Pezão e cumprimentou moradores que aguardavam o início da cerimônia.

A UPP do Morro São João vai beneficiar cerca de seis mil moradores, além de comerciantes das comunidades vizinhas do Morro da Matriz e Morro do Quieto. Ela terá um efetivo de 200 policiais militares, sendo 35 mulheres.

De acordo com o coronel Robson Rodrigues, comandante das UPPs, as favelas do Morro de São Carlos, no Estácio, na Zona Norte, serão as próximas a receber uma unidade.

Na terça-feira (25), o governador Sérgio Cabral anunciou que todas as comunidades da região de Santa Teresa, no Centro, vão receber Unidades de Polícia Pacificadora (UPP). Segundo Cabral, nos próximos dias, homens do Batalhão de Operações Especiais, do Batalhão de Choque e de outras unidades irão reconquistar o território nessas comunidades. O governo pretende pacificar as áreas críticas do Rio até o fim de 2014.

Outras UPPs

A 13ª UPP foi inaugurada em outubro do ano passado, no Morro dos Macacos, em Vila Isabel, na Zona Norte. Além do Morro dos Macacos, os policiais também ocupam as comunidades do Pau da Bandeira e Parque Vila Isabel, no mesmo morro.

As outras UPPs funcionam na favela Dona Marta, em Botafogo, no Pavão-Pavãozinho/Cantagalo, entre Ipanema e Copacabana, no Chapéu Mangueira/Babilônia , no Leme, Ladeira dos Tabajaras e Morro dos Cabritos, em Copacabana, todas na Zona Sul do Rio.

A Polícia Militar pacificou também as comunidades do Jardim Batam, em Realengo, e a Cidade de Deus, em Jacarepaguá, na Zona Oeste, e o Morro da Providência, no Centro.

Na Tijuca, na Zona Norte, há unidades nos morros do Borel, da Formiga e do Salgueiro, do Turano, no Rio Comprido e do Morro do Andaraí, no Andaraí.

Fonte: g1, www.g1.com.br