Cadu é denunciado por tentar matar um policial federal

Cadu é denunciado por tentar matar um policial federal

Ele tentava fugir de São Paulo após o assassinato.

Carlos Eduardo Sundfeld Nunes, acusado de matar o cartunista Glauco e o filho dele, foi denunciado por tentar matar um policial federal na fronteira do Brasil com o Paraguai em março deste ano. Ele tentava fugir de São Paulo após o assassinato.

Cadu já responde a processo por duplo homicídio na Justiça de Osasco. Ele também é acusado de lesão corporal, pela agressão à mulher de Glauco, Beatriz Galvão.

No caso da morte de Glauco, foram atribuídas pela Promotoria as qualificadoras motivo torpe e uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. Já no caso do filho dele, Raoni, a Promotoria entendeu ter ocorrido, além do recurso impossibilitando a defesa, homicídio a fim de assegurar impunidade por outro crime.

O processo corre em segredo de Justiça. Cadu está detido na Penitenciária de Catanduvas, no Paraná.

Seu advogado, Gustavo Badaró, pede agilidade nos exames de sanidade mental em Cadu, citados no momento da denúncia pelo promotor de Justiça Yuri Giuseppe Castiglione, de Osasco.

Fonte: g1, www.g1.com.br