Caminhoneiro é suspeito de matar sua filha a facadas

Adolescente de 17 anos foi esfaqueada nove vezes. Segundo a PM, pai e filha discutiram antes do crime.

Um caminhoneiro de 54 anos foi preso na noite desta segunda-feira (6), suspeito de matar a própria filha, de 17 anos, a facadas. O crime ocorreu em Osasco, na Grande São Paulo.

Segundo a Polícia Militar, a adolescente foi esfaqueada nove vezes. O crime aconteceu na casa da família, no Jardim Munhoz Junior. De acordo com a PM, pai e filha discutiram. À polícia, o caminhoneiro alegou que agiu em legítima defesa após a filha tentar esfaqueá-lo. A adolescente foi levada ao Pronto-Socorro do Jardim Mutinga, em Barueri, também na Grande São Paulo, mas não resistiu aos ferimentos.

Pouco antes da discussão, a garota cuidava de seu filho de 2 anos e de três irmãs, todas menores. Uma das irmãs, de 10 anos, presenciou toda a cena, informou a polícia. As quatro crianças serão encaminhadas ao Conselho Tutelar da cidade.

Fonte: g1, www.g1.com.br