Caminhoneiro tenta subornar fiscal e acaba preso no posto da Sefaz

Fiscal recebeu uma Nota Fiscal para conferência e, dentro dela, havia uma cédula de R$ 20,00

Caminhoneiro José Euvaldo Gomes Moreira tentou subornar um funcionário da Sefaz e acabou mal. Um servidor, que prefere não ter o nome divulgado, desempenhava suas funções habituais, quando recebeu uma Nota Fiscal para conferência e, dentro dela, havia uma cédula de R$ 20,00.

Não satisfeito, o motorista fez várias insinuações ao atendente. Para não criar alarde, o funcionário da Sefaz pediu ao caminhoneiro que o acompanhasse a uma sala das dependências do Postinho, Posto Fiscal localizado em Teresina.

Chegando à sala, o fazendário indagou sobre a intenção do condutor do veículo, que afirmou estar ?presenteando? o funcionário para que ele dispensasse o valor do ICMS de Transporte, tributo que incide sobre a atividade de transporte das mercadorias.

O servidor, constatando a tentativa de suborno, chamou o policial militar de plantão no local, comunicou o ocorrido e o caminhoneiro foi preso em flagrante. A Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária e Relações de Consumo ? DECCOTERC foi comunicada e enquadrou o acusado no crime de corrupção ativa.

Para o gerente de fiscalização de mercadoria em trânsito da Sefaz-Pi, Carlos Gomes, ?a atitude do servidor demonstrou que toda a confiança depositada nele foi merecida. Ele resistiu a uma ?tentação? em função de seu caráter e pra nós isso é ótimo!?

Já o secretário Antônio Neto acredita que a atitude reflete no espírito da Secretaria. ?Na nossa gestão, 200 novos servidores ingressaram por concurso público e esses servidores vieram dar um novo gás à Secretaria. Eles conhecem as leis, são preparados e vieram com o intuito de dinamizar o serviço público. Eles se somaram aos bons funcionários que já havia na Sefaz e juntos fazem uma Secretaria séria e comprometida com a sociedade?.

O caminhoneiro foi liberado após o pagamento de fiança no valor de R$ 465,00.

Fonte: Sefaz, www.sefaz.pi.gov.br