“Campanha de outdoor é fichinha perto do que está acontecendo agora”, critica Marden

O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) afirmou que o PT está utilizando como pretexto o aniversário do partido para fazer campanha antecipada.

A Caravana comemorativa aos 30 anos do PT no Piauí e no Brasil está rendendo crítica aos representantes dos demais partidos. O deputado estadual Marden Menezes (PSDB) afirmou que o PT está utilizando como pretexto o aniversário de 30 anos do partido para fazer campanha eleitoral antecipada. Segundo o parlamentar, as atitudes do partido devem ser classificadas como uma ?afronta à Justiça Eleitoral, à sociedade e aos demais partidos?.

De acordo com o tucano o PT está realizando carreatas, buzinaços, bandeiraços, distribuição de camisas e outras ações que caracterizam campanha extemporânea. ?O PT está se aproveitando dos 30 anos como pretexto para realizar carreatas e outras atividades. Essas atitudes provocam desequilíbrio nos debates políticos?, analisa.

Segundo o parlamentar tucano, o PSDB discutirá essas atitudes e irá pedir providências por parte do Ministério Público Eleitoral, que é o responsável por fiscalizar e coibir atos dessa natureza. ?A justiça eleitoral proibiu o uso de outdoors. Os outdoors são fichinha perto do que está acontecendo agora. Isso é inaceitável?, critica.

As declarações do parlamentar, de acordo com ele, são baseadas em cenas que foram presenciadas no último domingo no município de Capitão de Campos. ?Presenciei uma carreata. Pensei que já estávamos em setembro?, ironizou, ressaltando que as atitudes do Partido dos Trabalhadores refletem o apego que o partido tem ao poder. ?E esse poder eles querem manter acima da legislação?, completou.

Marden Meneses argumentou que reconhece que a realização de eventos, por parte de qualquer partido, é legítima, mas que os eventos devem acontecer na esfera partidária. ?Não tenho nada contra eles comemorarem o aniversário do partido, mas deve ser na esfera partidária. O que pode ser feito é um evento fechado em auditório ou clube social para filiados e simpatizantes do partido. Inclusive, nesses eventos, há indícios de utilização de recursos públicos?, denuncia. (M.M)

Fonte: Mayara Martins