PF prende candidata a Miss Curitiba

Grupo seria responsável pela distribuição de cocaína na capital paranaense

Pelo menos 11 pessoas foram presas na Operação Ressaca, da Polícia Federal, que acontece nesta terça-feira (18), no Paraná e em Mato Grosso do Sul. O objetivo é desmontar um esquema de tráfico de drogas. Entre os presos, estão o suposto chefe da quadrilha e a namorada dele, que participou do concurso Miss Curitiba neste ano.

De acordo com as investigações, que começaram no ano passado, o grupo é responsável pela distribuição de cem quilos de cocaína a cada 90 dias, em Curitiba. Além dos mandados de prisão, os policiais cumprem 15 de busca e apreensão.

O suspeito de comandar o grupo também teria envolvimento na morte de um policial militar, em 2005, e é apontado como o "Fernandinho Beira-Mar do Paraná", em referência ao traficante carioca que já cumpre pena em um presídio federal.

Os policiais estimam que a quadrilha ganhava, por ano, R$ 6 milhões com o tráfico de drogas.

Fonte: g1, www.g1.com.br