Candidato piauiense é executado com tiro na cabeça no Goiás

O disparo ocorreu quando Geraldo Messias terminava de falar, tocava o jingle da campanha

Candidato a vereador em ?guas Lindas de Goi?s, Jos? Venceslau da Costa (PP), conhecido como Irm?o Venceslau, foi assassinado na noite dessa quarta-feira (20/08) quando acompanhava o primeiro com?cio de Geraldo Messias (PP) que disputa a prefeitura do munic?pio no Entorno do Distrito Federal. A v?tima ? piauiense, nascido no povoado Milh? da cidade de Socorro do Piau?,At? o fechamento desta edi??o, o criminoso n?o havia sido identificado pela Pol?cia Civil de Goi?s. O candidato levou pelo menos um tiro na cabe?a em meio a cerca de tr?s mil pessoas que acompanhavam os discursos pol?ticos.

O disparo ocorreu quando Geraldo Messias terminava de falar, tocava o jingle da campanha e os fogos de artif?cio come?avam a estourar. Um homem atirou e fugiu numa moto, segundo relato de testemunhas. O crime foi presenciado pelo deputado federal Leonardo Vilela (PSDB-GO), pelo administrador de Taguatinga, Benedito Domingos, que ? presidente regional do PP-DF, e por assessores do governador de Goi?s, Alcides Rodrigues (PP). ?Pensei que a bala era para mim. Vinha na minha dire??o?, afirma Messias. O candidato afirma que anda com quatro seguran?as desde que sua casa, em ?guas Lindas, foi invadida h? dois meses por homens armados. Ningu?m se feriu.

Venceslau disputava a elei??o ? C?mara Municipal pela segunda vez, de acordo com Messias. Era pedreiro e estava acompanhado da fam?lia, mulher e quatro filhos ? um dos quais portador de necessidades especiais. Ele participou da organiza??o do com?cio num bairro chamado Cidade do Entorno. ?Era um homem sereno, evang?lico?, descreve o candidato. Benedito Domingos conta ter ficado muito assustado. ?N?o havia um carro da pol?cia. N?o ? poss?vel fazermos campanha sem prote??o. A For?a Nacional de Seguran?a deveria acompanhar as elei?es no Entorno?, acredita.

Fonte: Correio Web