Candidatos são presos durante prova do Enem por portar celular com gabarito

Segundo a Polícia Federal, os suspeitos;um homem de 19 anos e uma mulher, de 21; foram detidos no final do exame, depois que um deles já havia preenchido o cartão de respostas

Duas pessoas foram presas durante a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) na noite do último sábado (8), em Juazeiro do Norte, a 528 quilômetros de Fortaleza. Os candidatos foram flagrados com celulares que continham o gabarito da prova.

Segundo a Polícia Federal, os suspeitos;um homem de 19 anos e uma mulher, de 21; foram detidos no final do exame, depois que um deles já havia preenchido o cartão de respostas.

A polícia não informou se os dois se conheciam nem em que circunstâncias foi repassado o gabarito para os dois celulares. O flagrante aconteceu às 22h, quando ambos já estavam encerrando a prova.

Os candidatos eram sabatistas, que são estudantes que, por motivos religiosos, só começam a fazer o exame às 19h, depois do pôr do sol, apesar de entrarem em sala no mesmo horário que os demais concorrentes do país (13h, no horário de Brasília).

Os dois foram presos pelo crime, previsto no Código Penal, de fraude em certames de interesse público, como é o caso do exame nacional. Os suspeitos foram liberados depois de pagar uma fiança de R$ 6.000. A prova dos dois foi cancelada.

A polícia não informou o nome dos candidatos presos nem o local de prova onde ocorreu o flagrante. Segundo a PF, até as 19h deste domingo (9), este era o único de caso de prisão em flagrante efetuado pela corporação relativo ao Enem deste ano.

Clique aqui e curta o Portal Meio Norte no Facebook

 

 

Fonte: FOLHA