Cantor é assassinado na Guatemala quando seguia para aeroporto

Cantor é assassinado na Guatemala quando seguia para aeroporto

Veículo em que estava Facundo Cabral foi atacado por criminosos.

O cantor e compositor argentino Facundo Cabral, de 74 anos, foi assassinado neste sábado (9) na Cidade da Guatemala.

Segundo o jornal argentino "La Nación", o crime ocorreu quando Cabral seguia para o aeroporto La Aurora para deixar o país.

O músico tinha realizado uma série de apresentações na Guatemala. O veículo em que estava Cabral foi atacado por um grupo criminoso.

De acordo com o "La Nación", o presidente da Guatemala, Alvaro Colom, entrou em contato com a presidente argentina, Cristina Fernández de Kirchner, para prestar suas condolências.

O agente do cantor não soube informar os motivos do crime. "Não sei por que razão porque Facundo é um homem conhecido em todo o mundo e acho que ninguém teria interesse em matá-lo", declarou David Llanos aos jornalistas no local do crime.

Cabral nasceu em 22 de maio de 1937 na cidade argentina de La Plata, sul de Buenos Aires, e, além de cantor, era conhecido por suas composições e produções musicais.

Suas canções foram gravadas em vários idiomas e ele cantou junto com artistas como o americano Neil Diamond, o espanhol Julio Iglesias e o mexicano Pedro Vargas.

Era conhecido por um estilo que misturava a crua ironia com reflexões sobre a vida, o amor e paz.

Fonte: g1, www.g1.com.br