Carro de deputado é baleado em BR; polícia fala em atentado

Carro de deputado é baleado em BR; polícia fala em atentado

O carro do deputado é um veículo oficial da Assembleia Legislativa do Rio.

O carro do deputado estadual Geraldo Moreira (PTN) foi atingido por tiros na noite de segunda-feira (28) na Rodovia Washington Luiz (BR-040), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. A polícia investiga se o deputado foi vítima de uma tentativa de assalto ou atendado.

O carro do deputado é um veículo oficial da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). Na delegacia, o parlamentar contou que estava sozinho, voltando de um compromisso político em Santa Cruz da Serra. O ataque aconteceu por volta das 23h, quando o carro do deputado foi cercado por outro veículo de cor cinza. Segundo ele, dois homens armados desceram e deram ordem para que ele parasse, mas ele arrancou e os criminosos atiraram.

"Os tiros foram exatamente no meu rumo, no rumo da minha cabeça. Pelo visto ali, uma bala deve ter passado ali a dois centímetros da minha cabeça, pelo rumo dos tiros dados no carro. A gente fica muito assustado", disse o parlamentar.

Acusado de homicídio

Geraldo Moreira responde na Justiça pela morte do médico Carlos Alberto Peres Miranda, em 2008. Dois homens foram presos em flagrante por atirar no médico. Segundo o Ministério Público, eles teriam sido contratados por dois policiais militares, a mando do deputado. Os policiais também foram presos.

No ano passado, o deputado foi denunciado por outro crime. Ele e dois assessores são acusados de oferecer dinheiro para que uma testemunha do assassinato mudasse o depoimento. O deputado nega todas as acusações.

Ele acredita que o ataque na rodovia não tenha relação com as acusações que responde na Justiça.

Fonte: G1