Carro de pastor que acolhe público LGBT é atingido por vários tiros

O bispo Alan Luz revelou que já vinha sofrendo ameaças.

Na última quinta-feira (22/10), o bispo Alan Luz teve seu carro atingido por tiros, na cidade de Fortaleza, no Ceará. O pastor, que apoia a comunidade LGBT, declarou que foi  uma ação rápida e precisa.

Image title

"Foi uma atitude muita rápida. Não sei quantos tiros. Identificamos uma bala no carro. Entendemos que se eu não tivesse abaixado a cabeça, o tiro teria me atingido", disse ainda bastante abalado. De acordo com a polícia, o veículo foi atacado por dois homens armados.

A vítima informou que já vinha sofrendo ameças há algumas semanas. "Falava-se que qualquer dia poderíamos ser atingidos por uma bala, que qualquer dia iam calar a minha voz. A intenção era me calar, dizendo que eu tinha que parar com essa aberração. Eram mensagens de ódio, dizendo: 'vocês merecem morrer'; 'homossexuais são uma vergonha'; e 'qualquer dia vamos quebrar a cara de vocês'", relatou. 

A   Igreja Apostólica Filhos da Luz, que já possui cerca de 3 anos e atende cerca de 200 pessoas, também recebe criticas por partes de evangélicos, como cita Alan. 

"Há cerca de 15 dias, tivemos a presença de um líder religioso que veio até a nossa porta. Ficou no nosso portão, veio criticar, ficava abordando o povo na porta, que isso não estava certo, que era o demônio. Temos muitos evangélicos ainda que não respeitam os direitos humanos",conta.



Fonte: Com informações do Opovo