Carro é roubado com material radioativo que pode até matar

Segundo a polícia, assaltantes não sabiam da existência do produto no carro

O material radioativo que estava em um carro roubado por criminosos no sábado (28) na Baixada Fluminense pode matar quem manuseá-lo de forma incorreta. O alerta foi feito por Raul Santos, chefe da Divisão de Atendimento a Emergências Radiológicas e Nucleares, em entrevista nesta segunda-feira (30).

O Renault Logan roubado pertence a uma empresa especializada em solda industrial, a ArcTest, da cidade paulista de Paulínia. O veículo foi levado por três criminosos na Baixada Fluminense. Uma caixa com selênio, substância usada em radiografias, estava dentro do carro e foi levada pelos criminosos.

?A gente alertou o sistema de Defesa Civil estadual. A fonte de selênio é uma coisa minúscula, do tamanho de uma borrachinha daquelas que ficam na ponta de um lápis. É uma fonte tão intensa que ela tem uma blindagem especial que pesa quase 8 kg. Essa blindagem protege o material durante o transporte, além de proteger também o operador?, explicou Santos.

O especialista disse ainda que se o material permanecer guardado na blindagem, não oferece riscos.

?O problema é se alguém resolver romper essa blindagem. Caso esse cilindro entre em contato com a pessoa, ele pode causa vômitos, náuseas e queimaduras sérias. No caso da pessoa guardar o cilindro no bolso, ele (cilindro) vai emitindo raios gama que vão queimando o tecido. A pessoa vai sentir o incômodo, horas depois pode aparecer uma bolha?, detalhou. Ainda segundo ele, o contato em excesso com a substância pode levar a morte.

Caixa com cadeado

De acordo com Raul Santos, o material radioativo estava dentro de uma caixa metálica chumbada no porta-malas do carro. "Essa caixa estava com um cadeado", disse.

Além do material radioativo, os criminosos levaram, ainda, dinheiro e objetos pessoas dos três ocupantes do carro. Segundo a polícia, não há registro de outras vítimas. Em depoimento na 59ª DP (Duque de Caxias), os funcionários contaram que carregavam um disco radioativo, guardado em uma caixa blindada. Os criminosos, de acordo com a polícia, não sabiam da existência do produto no momento do roubo.

?É importante frisar que quem encontrar a caixa não deve manuseá-la?, alertou o especialista.


Carro é roubado com material radioativo que pode até matar

Fonte: G1