1526 veículos foram roubados de janeiro a outubro de 2013, segundo a polinter

1526 veículos foram roubados de janeiro a outubro de 2013, segundo a polinter

A Polícia Federal em ação conjunta com as polícias Civil e Militar apreendeu mais de cem carros oubados

A Polinter informou à Rede Meio Norte a contabilização dos roubos de veículos no Piauí. Os números apontam que de janeiro a outubro de 2013 foram 1526 veículos roubados ou furtados, entre carros e motos. Desse total 1100 foram roubados com o uso de armas de fogo, 426 foram furtados, 885 foram recuperados e 42% não foram ainda recuperados.

A procura dos assaltantes, de acordo com informações obtidas, é por carros de luxo. Os veículos, que custam mais de R$ 100 mil, são vendidos por R$ 10 mil, informação confirmada pela PRF. A Rede Meio Norteobteve com exclusividade, informações que esses veículos estão sendo comercializados no Maranhão.

Em Teresina, essa modalidade de assalto tem sido comum, principalmente na zona leste. Somente nesta segunda-feira, 09, dois carros de luxo foram roubados. Saindo de uma academia ao lado do marido na Morada do Sol, uma estudante fala das agressões sofridas durante o assalto em que foi vítima. ?Eram dois marginais, um pegou o meu marido, botou o 38 na cabeça dele, ficou batendo e em mim colocaram uma pistola, me ameaçando de morte, e levaram o veículo. só não me sequestraram porque eu comecei a passar mal e eles ficaram logo nervosos.?

?Nosso índice de recuperação está muito bom. Eu espero que daqui para o último dia do ano a gente aumente bastante esse número de recuperação desses veículos e também prenda mais gente?, disse o delegado Guilherme Ferraz.

A Polícia Rodoviária Federal, com o apoio do Detran e das polícias Civil e Militar, percorreu mais de 40 municípios do Piauí no combate a essa modalidade de crime. Em todos os municípios, segundo o inspetor Raimundo Rameiro, foram identificados veículos com aparência de furto ou com sinais de adulterações. Como resultado da operação, foram recuperados pela PRF mais de 100 carros roubados.

?Nós estamos executando operações de recuperação de veículos roubados ou furtados. Hoje as quadrilhas estão bastante especializadas no que diz respeito a camuflar ou adulterar os veículos depois de roubados para dificultar a ação de fiscalização. Nós temos a concepção de que os veículos roubados seguem três destinos diferenciados: 1º - para as práticas delituosas e depois abandonados; 2º - são desmontados para alimentar o mercado clandestino de venda de peças de veículos e 3º - são removidos para outros locais para revendas de 10 a 20% do seu valor?, conclui o inspetor, referindo-se aos baixos preços dos veículos que estão sendo comercializados no Maranhão.

Fonte: Denison Duarte