Casal de namorados é morto por crueldade

Casal de namorados é morto por crueldade

Rapaz teve orelha arrancada e as pontas dos dedos cortadas

O casal de namorados assassinado em São José dos Campos, a 97 km de São Paulo, sofreu muitas agressões antes de morrer, de acordo com a polícia. Os corpos estavam ao lado de um lago e acabaram localizados neste domingo (13). Os dois foram enterrados na manhã desta segunda-feira (14) na cidade, em clima de muita comoção.

Rodolfo Rodrigues Cabral, de 25 anos, teve as pontas dos dedos cortadas e a orelha arrancada. Ele também tinha vários hematomas. O corpo de Kátia Carolina, de 23 anos, apresentava sinais de espancamento. A garota foi morta com dois tiros no rosto e Rodolfo, com um disparo na nuca.

De acordo com o delegado Neimar Camargo Mendes, da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), a polícia trabalha com várias hipóteses para o crime. ?Eu não quero adiantar ou descartar nenhuma hipótese neste momento. Estamos investigando desde ontem [domingo], mas ainda é muito cedo?, afirmou o delegado.

?O toca-fitas do carro foi roubado, mas não sei se as rodas do veículo foram retiradas?, disse Neimar Camargo Mendes. ?Foi um crime brutal. São José dos Campos foi a única cidade do Vale do Paraíba que conseguiu reduzir o número de homicídios?, afirmou. O casal foi encontrado na manhã de domingo (13).

O casal foi visto na última vez em um churrasco no sábado à noite. ?Eles saíram do churrasco de aniversário do meu pai e disseram que passariam na quermesse. Mais tarde, deixaram um casal de amigos em casa. Rodolfo ia deixar também a namorada em casa, mas não deu tempo?, afirmou Cleverson Silva Molgado, de 24 anos, que era amigo de infância do rapaz.

O relacionamento de Kátia Carolina e Rodolfo era recente, de acordo com amigos de Rodolfo. ?Faz pouco tempo que eles estavam juntos. Talvez uns 15 ou 20 dias?, afirmou a madrinha do rapaz, a inspetora de alunos Laíde Aparecida da Silva, de 45.

Fonte: g1, www.g1.com.br