Casal é indiciado por torturar os filhos

Denúncia foi feita pela avó das crianças e confirmada por menino de 8 anos

Um casal de moradores da Cruzada São Sebastião, no Leblon, Zona Sul do Rio, foi preso neste sábado (26) acusado de torturar os próprios filhos. A denúncia foi feita pela avó das crianças, que procurou o Conselho Tutelar e apresentou fotos do menino de 8 anos com sinais de espancamento. Na frente do juiz, o menino confirmou que era agredido, assim como sua irmã caçula, de 5 anos, e disse que os responsáveis eram a mãe e principalmente o pai.

"A própria criança verbalizou que eles o colocaram de castigo, de cabeça para baixo, no banheiro, com pimenta na boca. E com muita pancada, com muita tortura. Isso é uma barbárie, uma coisa horrível", contou o conselheiro tutelar Héber Bôscoli. Isso é uma barbárie, uma coisa horrível". Héber Bôscoli

Na última quinta-feira (24), durante uma operação contra o tráfico de drogas, na Cruzada São Sebastião, os policiais aproveitaram para cumprir o mandado de prisão preventiva contra o casal, que morava no local.

O vendedor Leonardo Martins da Silva e a enfermeira Michele Oliveira respondem por tortura. Segundo a acusação, eles submetiam as crianças a agressões físicas e psicológicas constantes.

O Conselho Tutelar vai pedir à Justiça a destituição do poder familiar dos pais para que os irmãos fiquem definitivamente com a avó. "Esse casal não tem condições de estar com os filhos. Essa é uma coisa muito perversa, embora seja um casal jovem, é inexplicável", disse o conselheiro tutelar, acrescentando que, apesar das evidências, os pais negaram que tenham agredido os filhos e disseram que a avó fez a denúncia porque quer a guarda das crianças.

Fonte: g1, www.g1.com.br