Casal é condenado a mais de 40 anos por torturar filhas

As meninas eram ameaçadas e agredidas para não denunciar os abusos sofridos.

22/08/2012 - 15:10
Foto meramente ilustrativa.
Foto meramente ilustrativa.
Foto: Reprodução

Um casal foi condenado a mais de 40 anos de prisão em Vacaria, no Rio Grande do Sul, por estuprar e torturar as filhas da mulher. O padrasto recebeu pena de 48 anos e cinco meses enquanto a mãe das meninas terá 46 anos e cinco meses de reclusão.

Segundo o delegado Anderson Silveira de Lima, o padrasto, 35 anos, abusava das meninas com o apoio e consentimento da mãe, 45 anos, no interior da casa onde residiam, desde que as meninas tinham por volta de cinco anos de idade. Atualmente ela têm 16 e 18 anos. Elas eram ameaçadas e agredidas com um rabo de tatu e uma correia de trator para não denunciar os abusos sofridos.

O casal foi preso por agentes da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente da cidade no dia 18 de abril. Eles estavam na Capela Passo do Carro, em Monte Alegre dos Campos, quando a polícia cercou o local.

A sentença condenatória ainda cabe recurso ao Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Sul.

FONTE: Terra

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

ver mais+

DEIXE SEU COMENTÁRIO

voltar para o topo