Casal é preso após alimentar bebê com óleo e provocar a sua morte

Os pais deverão responder pelo crime de maus tratos.

Nesta segunda-feira (03), um casal foi preso em Palhoça, na Grande Florianópolis, após a morte de sua filha, um bebê de apenas três meses. Ela morreu por desnutrição no último domingo (2). Segundo informações da Polícia Civil, a bebê não era amamentada e era alimentada em uma dieta a base de óleos vegetais e castanha.

Os pais deverão responder pelo crime de maus tratos. O delegado Adriano Almeida, que realizou o flagrante disse que o bebê tinha proporções de um feto, 'apenas pele e osso'.

A mãe presa, de 27 anos, disse que a criança nasceu aos 9 meses de gestação e o parto foi realizado pelo próprio casal. Ela não teve acompanhamento pré-natal e a criança não teria registro civil, nem foi ao médico. “O bebê transcendeu, virou luz e vai iluminar a Terra”, disse a mãe.

Se condenados, a pena por maus-tratos agravado por morte é de 4 a 12 anos e pode aumentar por se tratar de um menor de 14 anos, informou a Polícia Civil.  


Image title

Image title

Fonte: Com informações do G1