Casal é preso suspeito de vender diplomas falsos por R$ 200

Com o casal, foram encontrados carimbos de diretores de instituições

Um casal foi preso em casa, na manhã desta quarta-feira (30), em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Um homem e uma mulher são suspeitos de falsificação de diplomas. Conforme o delegado Fábio Amaro da Silva, a mulher confessou que era a responsável pelas falsificações e que, há seis meses, vendia os diplomas por R$ 200.

Com os dois, foram encontrados diversos diplomas falsificados de ensino médio, superior e até de mestrado. Os diplomas tinham logotipos das Universidades Federais do Paraná, Rio de Janeiro, Bahia, entre outras.

A polícia também apreendeu com o casal diversos carimbos de diretores instituições de ensino, um pen drive com as matrizes dos documentos falsificados e munição de pistola de uso restrito. O homem disse que era o proprietário da munição e, por isso, foi autuado por porte ilegal de armas.

De acordo com o delegado, se os dois forem condenados, os suspeitos podem pegar pena de dois a seis anos de prisão.


Casal é preso suspeito de vender diplomas falsos por R$ 200

Fonte: G1