Casal é suspeito de fazer festas em piscina para abusar de adolescentes

A polícia trabalha com a hipótese de que presentes, como tênis, roupas e celulares, eram dados como forma de persuasão.

Um casal que morava ao lado de uma escola pública, em Londrina (PR) é suspeito de abusar sexualmente adolescentes. A polícia trabalha com a hipótese de que presentes, como tênis, roupas e celulares, eram dados como forma de persuasão.

O que chamou a atenção de vizinhos, que acionaram a polícia, foi o fato de não morar nenhum adolescente na casa, apenas um casal. Entretanto, o entra e sai de jovens era constante.

Policiais constataram que os estudantes, a maioria da escola ao lado, têm entre 13 e 16 anos e apreenderam material pornográfico e as roupas íntimas usadas nas festas na piscina.

Ao todo, seis adolescentes foram encaminhados à delegacia para prestar queixa contra os acusados. O diretor da escola preferiu não comentar o assunto.

Michele Gonçalves Rodrigues, de 26 anos, foi indiciada por corrupção e aliciamento de menores. O marido, Cleiton Gonçalves Almeida, de 30 anos, conseguiu fugir. Ele já havia sido preso por receptação e é considerado foragido pela polícia do Mato Grosso do Sul.


Casal é suspeito de fazer festas em piscina para abusar de adolescentes

Fonte: r7