Casal morto em prédio de Londrina tinha relação conturbada

Casal morto em prédio de Londrina tinha relação conturbada

Casal foi encontrado morto a tiros em apartamento de luxo, em 24 de outubro.

Novos depoimentos sobre o caso da morte de um casal em um apartamento de luxo em Londrina, no norte do Paraná, apontam para uma relação turbulenta entre as vítimas. De acordo com a investigação, o depoimento de uma amiga íntima da mulher levantou um histórico de brigas, inclusive com agressões físicas entre ambos.

O casal foi encontrado morto no dia 24 de outubro, em cima da cama do apartamento onde moravam. De acordo com simulação divulgada pela polícia, a mulher entrou no quarto com uma faca na mão, sentou na cama, e foi surpreendida pelo marido, que estava embaixo do cobertor. O homem disparou dois tiros na cabeça dela e depois se suicidou com um disparo no peito.

Além do depoimento da amiga da mulher, a polícia também ouviu nesta terça-feira (6) o motorista particular e a filha do homem morto. O objetivo é descobrir informações sobre a vida conjugal do casal, e se o homem sofria algum tipo de ameaças, e por isso andava com seguranças.

O delegado que investiga o caso ainda aguarda o laudo da perícia feita no computador da mulher, que foi encontrado no lixo do apartamento. O inquérito deve ser concluído até o final de novembro.

Fonte: G1