Caseiro acusado de matar empresários confessa autoria do crime

Caseiro acusado de matar empresários confessa autoria do crime

Caseiro acusado de matar empresários confessa autoria do crime

Segundo o acusado, o empresário ameaçava agredir os funcionários e por isso foi assassinado

14/7/2010 12:02

O caseiro Rômulo Ribeiro Coelho, 20, acusado de matar um casal de empresários na Prainha, confessou o crime, na tarde desta quarta-feira, 14, e afirmou ter agido em legítima defesa. Segundo o acusado, o empresário ameaçava agredir os funcionários e por isso foi assassinado. A esposa da vítima foi morta em seguida, enquanto tentava acionar a Polícia para pedir socorro.

Rômulo foi preso, juntamente com a namorada Ana Carla da Silva Guimarães, 31, por policiais militares, na manhã desta quarta-feira, no Conjunto Jereissati I, em Maracanaú. O acusado, no entanto, afirmou que praticou o duplo homicídio sozinho, sem a ajuda da companheira. Os dois, com prisão preventiva decretada, estão recolhidos na Delegacia Metropolitana de Polícia do município.

Marcos Sérgio Ferrari, 54, e Maria Cristina Saade Studart, 50, foram mortos a golpes de enxada e pauladas, dentro da casa de veraneio do casal, em Aquiraz. O corpo da mulher foi encontrado no chão da cozinha, enquanto o de Marcos Ferrari estava parcialmente enterrado ao lado das armas utilizadas pelo criminoso.

Fonte: Adnews