Caso Mércia: Vigia suspeito de pedofilia pode ser perseguido

Caso Mércia: Vigia suspeito de pedofilia pode ser perseguido

Imagens de Bezerra com adolescentes foram mal vistas por detentos.

O vigia acusado de participar do assassinato da advogada Mércia Nakashima enfrenta na cadeia outra preocupação além de sua possível condenação pelo crime. De acordo com o promotor do caso, Rodrigo Merlin, Evandro Bezerra pode ser perseguido por outros presos por causa das fotos que foram encontradas no celular dele durante sua captura em Alagoas, no último mês.

? Esse celular tinha um monte de foto dele com meninas de 14, 13, 15 anos. Com isso, veio o boato de que ele seria pedófilo e, claro, isso é sentença de morte na cadeia.

O promotor explica que Bezerra foi transferido para o presídio de Tremembé, no interior de São Paulo, porque é um lugar mais seguro para o acusado. Ele foi preso no dia 25 de junho na cidade de Olho D"Água das Flores, em Alagoas, depois de ficar mais de seis meses foragido. Logo que chegou na capital paulista, o vigia ficou detido no 2º Distrito Policial, no Bom Retiro. Segundo Merlin, foi o próprio Bezerra que pediu mais segurança.

? Ele disse que estava preocupado, porque já tinha percebido uma movimentação estranha entre os outros presos. Os policiais do DP disseram a mesma coisa.

As fotos gravadas no aparelho celular mostram que Bezerra participou de festas no período em que esteve foragido e muitas delas tinha a presença de meninas menores de idade.

Merlin afirmou que o depoimento prestado pelo vigia logo que foi recapturado não atrapalhou o trabalho da promotoria. Ele afirma que esta terceira versão do crime complica ainda mais a situação de Mizael Bispo.

? Agora ele resolveu acusar o Mizael e tentar livrar o dele, mas sei que está mentido. As provas técnicas indicam que ele sabia do crime quando foi buscar Mizael na represa.

Sobre as afirmações de que Bezerra teria dado o depoimento depois de um acordo com a polícia, o promotor nega. Ele diz que as informações do vigia não podem ser consideradas delação premiada, pois não colaboram com as investigações.

? Pelo contrário, ele quis nos confundir ainda mais. Não fizemos acordo nenhum com ele. Ele falou porque quis.

Fonte: r7