Caso Samuel: Mãe diz que pai sumiu com a criança após audiência

O menino chorou nos braços do tio para não ir com o pai.

Um caso repercutiu em todo o Brasil após um menino identificado como Samuel, de 6 aos, aparecer chorando desesperadamente em um vídeo ao descobrir que durante decisão da Justiça ele seria obrigado a morar com o pai. A cena foi filmada na sala de espera do tribunal da cidade de Riacho Fundo.

A gravação comoveu milhões de internautas e a mãe que perdeu a guarda do filho resolveu aparecer na televisão para denunciar que o pai sumiu com a criança. Em um dos momentos do vídeo o menino aparece afirmando que sofria agressões do pai.

“Eu quero ficar com minha mãe, não vou deixar ela. Minha madrasta me empurrava e fazia eu cair, meu pai me batia”, declarou ele. Um mês depois da audiência, Rosilene Batista da Silva, mãe do pequeno garoto, contou que nunca mais viu o filho.

A sentença do juiz afirmava que o pai tinha a guarda do garoto, mas a mãe tinha o direito de vê-lo de 15 em 15 dias e ainda ficar com ele nas férias, só que Rosilene declarou que o homem sumiu com Samuel.

“Quando eu fui lá encontrei a casa fechada, conversei com um vizinho e ele disse que desde dezembro ele saiu do local. Dizem que ele se mudou para Campinas junto com a mulher. Já liguei para ele várias vezes e ele não atende e nem responde minhas mensagens”, disse ela.

Menino chorou para não ir morar com o pai (Crédito: Reprodução)
Menino chorou para não ir morar com o pai (Crédito: Reprodução)
Menino chorou para não ir morar com o pai (Crédito: Reprodução)
Menino chorou para não ir morar com o pai (Crédito: Reprodução)
Menino chorou para não ir morar com o pai (Crédito: Reprodução)
Menino chorou para não ir morar com o pai (Crédito: Reprodução)


Fonte: Com informações do R7