Cemitério do Promorar vira ponto de consumo de drogas

Cemitério do Promorar vira ponto de consumo de drogas

Para fugir dos assaltos no entorno do cemitério, as pessoas andam em grupo e até com segurança armado

Muita sujeira, mato nos túmulos, muro destruído, depredação, entre outros fatores, têm feito do cemitério do bairro Promorar o mais fiel retrato do descaso do Poder Público.

Para ter acesso ao cemitério, quem vai sepultar os seus entes queridos tem que passar por cima de um esgoto. Um dos lados, que era cercado com arames, já está completamente destruído, ou seja, o cemitério está aberto, servindo de ambiente propício para criminosos no uso de drogas e para fuga da polícia.

Os bandidos já roubaram placas de túmulos, cruzes e quebraram túmulos. O cemitério apresenta sinais de depredação por todos os lados, retratando a triste realidade do lugar.

Em certos túmulos, familiares já prenderam as cruzes com cadeados. No cemitério, a equipe da Rede Meio Norte encontrou uma toca utilizada por bandidos para uso do crack, que acontece sempre ao meio-dia e à noite.

Para fugir dos assaltos no entorno do cemitério, as pessoas andam em grupo. Alguns familiares, segundo aponta uma testemunha, precisam contratar seguranças armados para acompanhar o cortejo até o sepultamento. ?Na segunda-feira, 24, eu vim acompanhar o cortejo de um familiar. Ao chegarmos aqui no cemitério, a realidade foi essa: segurança armado e com colete tendo que acompanhar o cortejo por causa da insegurança por causa de elementos mau intencionados, além de muita sujeira e tudo quebrado ?.


Cemitério do Promorar virou ponto de usuários de drogas e assaltos

O comandante da Companhia do Promorar, major Feitosa, diz que, no momento, o mais importante é destinar um olhar especial àquele lugar. ?A gente conta com a parceria da sociedade. Nós vamos ter um olhar especial para aquela localidade. O nosso intuito vai ser diminuir a criminalidade e manter a tranquilidade naquele local.?

Fonte: Denison Duarte