Cerca de 80% dos estupros são praticados por familiares ou amigos

Cerca de 80% dos estupros são praticados por familiares ou amigos

Cerca de 80% dos casos são cometidos por adolescentes.

Segundo especialistas em crianças e adolescentes, desajustes familiares podem resultar em estupros e desencadear violência dentro do seio familiar. Como o caso da menina Débora, estuprada e morta em Demerval Lobão pelo meio irmão.


Cerca de 80% dos estupros são praticados por familiares ou amigos

Esse tipo de problema é mais comum do que se pensa e é praticado na maioria das vezes por familiares e amigos próximos. Cerca de 80% dos casos são cometidos por adolescentes. Em outro caso, acontecido no Piauí, gravações entre uma adolescente de 15 anos de idade e seu pai. Na conversa a jovem o acusa de tê-la estuprado.

?No começo eu vinha observando o comportamento do pai dela em relação a ela dentro de casa. Ele ficava às vezes sem roupa e eu brigava porque dizia que não podia e ele mesmo assim às vezes ficava sem roupa. Quando ela ia banhar ele queria que ficasse com a porta aberta e eu dizia que não podia e quando eu tava em casa eu fechava a porta e ficava até no meio e dizia que não, que ele não ia olhar ela tomando banho. Ai teve um dia que ele pegou e arrebentou a porta do banheiro, dos dois banheiros e do quarto dela também porque ela trancou a porta enquanto estava se vestindo. Ele queria que ela abrisse e ela disse que não porque ela estava trocando de roupa?, conta a mãe da adolescente que denunciou o caso.

No caso da menina Débora, de 5 anos de idade, nos relatos a polícia diz que era possível que ela já houvesse sido vítima de abusos sexuais quando mais nova.

Fonte: Marcilany Rodrigues