Chacina da Meruoca: Estado indeniza vítimas

Chacina da Meruoca: Estado indeniza vítimas

A justiça resolveu condenar o Estado em 1ª instância após 13 anos

Há 13 anos aconteceu na localidade Meruoca, zona rural de José de Freitas com o limite de Teresina, uma das maiores tragédias no Piauí. Trata-se da chacina da Meruoca que vitimou 4 homens que estavam caçando e foram mortos por policiais civis e militares ao serem confundidos com assaltantes do Banco do Brasil de José de Freitas.

A justiça resolveu condenar o Estado em 1ª instância após 13 anos. As famílias das vítimas aguardam o procedimento do processo agora no Tribunal de Justiça e em outra instância. Segundo Rodrigo Cronembergue, filho de Luís Paulo Cronembergue, uma das vítimas da chacina, as indenizações foram avaliadas de acordo com a expectativa de vida das vítimas, renda mensal e valor corrigido desde o dia do crime até os dias de hoje.

" Nós estamos recebendo a notícia com boa expectativa apesar de toda a demora para o processo sair da 1ª instância. Nós familiares e os promotores fizemos a nossa parte e agora não interessa saber como estão hoje os autores da chacina, apesar das famílias estarem desamparadas pelo Estado e os policiais hoje estão soltos e continuam a receber proventos. Queremos agora o que é de direito nosso, a indenização", disse Rodrigo ao meionorte.com.



Fonte: Marcos Moraes