Chacina: Jovem segue desaparecido e família é obrigada a se mudar

Chacina: Jovem segue desaparecido e família é obrigada a se mudar

O jovem pode ter sido morto por traficantes da Favela da Chatuba

No início da manhã de sábado, o canto dos pássaros foi abafado pelo estampido de tiros no Parque de Gericinó, que vai de Nilópolis a Mesquita. Desde então, José Aldecir da Silva, 49 anos, está à procura do filho, José Aldecir da Silva Júnior, 19, que saiu de casa com a gaiola de seu tiziu nas mãos, rumo à mata, e desapareceu pouco depois.

O jovem também pode ter sido morto por traficantes da Favela da Chatuba e foi visto pela última vez com o pastor Alexandro Lima, assassinado no mesmo dia.



?Ele saiu de casa às 6h dizendo que voltaria para pintar o quarto da minha neta, que está prestes a nascer. Uma hora depois, viram ele tomando coronhadas na cabeça na beira do rio. E, às 9h, quando encontraram o corpo do pastor, minha esposa procurou os bandidos. Eles disseram que meu filho estava morto?, contou José, que ontem mesmo, por medo, deixou a comunidade junto da família.

Sem sucesso, o bombeiro hidráulico procurou, com a ajuda da polícia, o corpo do filho pelas localidades do Bicão e Jamelão, na Chatuba.

?Eles disseram que o Foca, um dos gerentes do morro e braço direito do Juninho (Remilton Moura da Silva, o Juninho Cagão, do Comando Vermelho, chefe do tráfico no local) teria enterrado ele. Ainda me disseram para não me meter, pois eu poderia morrer também?.

Decirzinho, como é conhecido, vai ser pai em breve. No nono mês de gestação, a namorada espera uma menina. O rapaz trabalha em uma fábrica de tecidos em Bangu e, assim como outros moradores da região, costumava participar, aos fins de semana, dos encontros de criadores de pássaros na mata do parque.

?Quero pelo menos o corpo para enterrar. Meu filho era gente, e não bicho. Esses covardes vão ter que pagar?. Para familiares e amigos, outro suspeito de envolvimento no sumiço de Júnior é um bandido conhecido como Bola, que também seria gerente de drogas da favela.

Os dois teriam tido desentendimento na infância, e Bola, prometido se vingar. ?Meu filho sempre reclamou que ele o encarava?.

Fonte: O Dia Online