Chefe de gabinete tem casa invadida e familiares são agredidos

O fato aconteceu no município de Pedro II.

Na quarta-feira, dia 28 de setembro, o chefe de gabinete da atual prefeita e candidata à reeleição de Pedro II, Neuma Café,  identificado apenas como Claudio Lima, teve a própria residência invadida por dois homens armados. Segundo informações, houve agressões contra os pais de Cláudio que estavam no local. 

De acordo com informações da Polícia Civil, os pais do chefe de gabinete estavam na residência de Claudio quando os dois homens chegaram e perguntaram pelo mesmo, que não estava no local. Usando uma máscara para cobrir o rosto, exigiram dinheiro, que segundo os dois, estava escondido na residência e seria usado para comprar votos.

Os dois chegaram a agredir os pais de Claudio. Além disso, reviraram móveis da casa. As vítimas prestaram Boletim de Ocorrência. A polícia está investigando o que de fato ocorreu, não descartando a possibilidade de crime político. 

Violência política

Agressões, ofensas que podem estar atrelados à questão política ganham força durante o período eleitoral. No Piauí, assim como em outros estados, ocorrem atos violentos e que preocupam as autoridades policiais. 

Na tarde de quarta-feira, dia 28, o prefeito de Buriti dos Lopes, Bernildo Val, do PSD, sofreu uma tentativa de homicídio. Candidato à reeleição, o político caminhava juntamente com correligionários, quando, de repente, começou a receber xingamentos. 

Segundo informou a assessoria de Bernildo, um homem perseguiu ele e chegou a sacar uma arma de fogo. Após o episódio, a segurança do prefeito foi reforçada. 

Um empresaria identificada como Francisca Maria da Silva, de 43 anos de idade, e o filho, um jovem de nome Tiago Pereira Silva,  de 19 anos de idade, foram mantidos reféns durante um assalto ocorrido no povoado Bela Vista, município de Batalha, a cerca de 143 km de Teresina.  A ação ocorreu logo após o marido dela, o vereador José Claudio Pereira, sair para participar de um ato político. 

Os sobrinhos de Manoel Borgesde Moura (PMDB), candidato a prefeito em Geminiano, tiveram seus veículos apedrejados no Assentamento União, zona rural do município . 

Fonte: Portal Meio Norte