Cinegrafista mata ex-namorada a facadas

Amigos do casal disseram à polícia que os dois moraram juntos por quase três anos

O cinegrafista de televisão Dirceu Quadros, 35 anos, é suspeito de matar a ex-namorada, a psicóloga Kassiane Maia, 35 anos, no início da tarde desta segunda-feira em Divinópolis, na região centro-oeste de Minas Gerais.

Amigos do casal disseram à polícia que os dois moraram juntos por quase três anos e há dois meses terminaram o namoro. Dirceu não estaria satisfeito com o fim do relacionamento e foi procurar Kassiane hoje no consultório em que ela trabalhava.

Segundo a Polícia Militar, ela voltava do horário de almoço quando encontrou o ex na porta do escritório. Os dois teriam discutido e, em seguida, Quadros teria estrangulado e dado cinco facadas em Kassiane.

"O suspeito chegou ao local do crime dez minutos antes que a vítima e ficou esperando ela sair do elevador. Assim que ela saiu eles entraram no consultório. O Dirceu agiu com muita tranquilidade. Após o assassinato ele trancou a porta e entregou a chave para uma funcionária do prédio comercial. Ela então resolveu entrar na sala viu o corpo no chão," disse o delegado Leonardo Pio.

Quadros trabalha para uma produtora de vídeo e é cinegrafista de um programa independente exibido pela TV Alterosa, afiliada do SBT em Minas. Ainda de acordo com a polícia, ele tentou fugir após o crime, mas foi preso em flagrante a quatro quarteirões do consultório onde trabalhava a ex-namorada.

O delegado Leonardo Pio informou que ele vai ser indiciado por homicídio qualificado. Ele afirmou ainda que há pouco mais de um mês a vítima havia registrado um boletim de ocorrência contra o ex-namorado por agressão.

Fonte: Terra, www.terra.com.br