Estuprada por pedreiro desabafa após prisão: "Não vai acontecer com outras"

Vítima se mudou de casa onde foi abusada e diz ter perdido 8 kg desde o crime

Uma mulher que foi estuprada pelo pedreiro que fazia serviços em sua casa, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, se disse aliviada após a prisão do suspeito. O crime aconteceu em novembro passado e a prisão se deu nesta semana.


Cliente estuprada por pedreiro desabafa após a prisão:

? Não é porque ele foi preso que eu fiquei feliz, mas foi por saber que o que aconteceu comigo não vai acontecer com outras pessoas.

O crime aconteceu no dia 7 de novembro, quando o suspeito invadiu a casa da cliente e a estuprou. A vítima também foi agredida com um facão. Na ocasião, o suspeito foi denunciado e levado para a delegacia, onde, segundo a vítima, teria sido liberado após alegar que era namorado dela.

? Ele alegou que o ato foi consentido por mim e que eu era namorada dele. Foi a maneira dele sair do flagrante. Foi muito doloroso.

Após o estupro, a mulher perdeu 8 kg e se mudou da casa onde morava havia um mês.

? Desde aquele dia, eu não conseguia ficar na casa. Até eu poder mudar, eu dormia na casa de parentes, de amigos.

Fonte: r7