Clínicas oftalmológicas: prejuízo se aproxima de R$ 200 mil

Quadrilha agia no Pará, Maranhão, Bahia, Goiás e Piauí.

Polícia Civil do Tocantins desarticulou  uma quadrilha especializada em furto de equipamentos de clínicas oftalmológicas durante Operação Bartimeu, deflagrada na manhã desta quinta-feira, dia 02 de junho. As investigações, que resultaram na prisão de cinco pessoas, tiveram apoio da Polícia Civil do Piauí.  A quadrilha  realizou furtos em clínicas nos municípios de Teresina, Floriano e Amarante.

De acordo com o delegado-geral Riedel Batista, o prejuízo causado pelos furtos se aproxima de  R$ 200 mil. “Desencadeamos essa Operação, onde foram presos cinco elementos diretamente ligados ao furto de clinicas oftalmológicas no Estado do Piauí. Cada clinica teve um prejuízo de pelo menos R$ 50 mil. Eles [ os criminsoos] roubaram aparelhos que custam, em média, R$ 25 mil cada um. Nós temos clinicas, uma situada aqui em Teresina, que teve prejuízo de até R$ 100 mil”, afirmou.

Segundo Riedel Batista, foram quatro ocorrências registradas no estado. “A quadrilha furtava aparelhos no Piauí e os revendia em outros estados”, enfatizou o delegado. Foram presos: Bruno Milhomens Rocha, Lucas Conceição Ferreira Lima, Marcos Vinícius Fonseca Tavares, Rafael Moreno do Vale e Samir David Abdalla Junior. 

O grupo atuava nos estados do Pará, Maranhão, Bahia, Goiás e Piauí.

Presos acusados de integrar quadrilha que furtava
Presos acusados de integrar quadrilha que furtava clínicas oftalmológicas
Líder da quadrilha
Líder da quadrilha




Fonte: Portal Meio Norte