Cobrador é agredido após repreender atos sexuais

Cobrador é agredido após repreender atos sexuais

Casal praticava carícias íntimas em ônibus lotado

Um homem de 52 anos e uma mulher de 74 foram parar na delegacia, neste sábado, depois de terem praticado atos sexuais em um ônibus lotado, em Franca, a 400 km de São Paulo.

De acordo com o delegado responsável pelo caso, Luis Carlos da Silva, a mulher estava sentada no colo do homem e acariciava suas partes íntimas, quando o cobrador do coletivo chamou a atenção do casal pelos atos sexuais em público. Irritado, o homem agrediu o cobrador com socos e chutes.

O cobrador se defendeu e ambos foram para a delegacia, juntamente com a mulher e o motorista do veículo, depois que a polícia foi acionada por um dos passageiros. Segundo o delegado, o casal estava embriagado.

Depois de apresentada a queixa de agressão, todos foram liberados.

Fonte: Terra