Cobradora de ônibus é queimada em ataque de moradores e segue internada;ninguém foi preso

Cobradora de ônibus é queimada em ataque de moradores e segue internada;ninguém foi preso

Polícia investiga se moradores da região provocaram o incêndio por causa de reintegração

Um ônibus foi incendiado, no fim da noite desta quinta-feira (26), na zona leste de São Paulo. A cobradora não conseguiu sair a tempo e teve queimaduras nas pernas, braços e rosto.

O coletivo seguia em direção à garagem quando foi atacado por quatro homens. Além do motorista, estavam no coletivo um funcionário da empresa que havia pego carona e a cobradora. Os criminosos usaram uma garrafa plástica pra espalhar combustível dentro do veículo.

O motorista e o colega que havia pego carona conseguiram sair. Mas a cobradora foi até a parte dos fundos do ônibus para pegar a bolsa. Antes que ela saísse do coletivo, os quatro homens colocaram fogo no onibus. O motorista José Valdo Pinto lembra que foi desesperador ver a colega de trabalho pegando fogo.

? Ela conseguiu sair pra fora do onibus em chamas e eu tentei apagar o fogo dela. Queimou as pernas, principalmente o rosto, os dois braços.

A cobradora está internada. O motorista do ônibus conseguiu controlar o incêndio no veículo com extintores. A polícia não prendeu os suspeitos que participaram do ataque, mas investiga se moradores da região incendiaram o coletivo como forma de protesto contra uma ordem da Justiça para reintegração de uma área perto da avenida Ragueb Chohfi, em Cidade Tiradentes.

Assista ao vídeo:

Fonte: r7