Cocaína apreendida em Balsas no Maranhão seriam levados para Picos-PI

Dois homens foram presos com 127 quilogramas de cocaína

A Polícia Militar da cidade de Balsas, Sul do Maranhão, prendeu dois homens carregando 131 tabletes de pasta-base de cocaína, no forro falso da carroceria ‏de uma camionete Toyota Hilux, o que corresponde a 127 quilos . A droga teria vindo da Bolívia, com destino ao município de Picos.

Segundo a polícia, o veículo carregado com a droga chamou a atenção, pois não tinha autorização para rodar fora da Zona Franca Manaus. Eber Maciel Evangelista, 29 anos, e Johnne Rosa Pacheco, 30 anos, foram levados à 11ª Delegacia Regional e ao verificar a ficha policial dos dois, os agentes descobriram que Johnne já havia sido preso em maio de 2010 no município de Ji-Paraná, em Rondônia, carregando 10 kg de cocaína. Os agentes então fizeram uma revista minuciosa no automóvel e encontraram a droga escondida. Os traficantes foram autuados em flagrante.

Segundo o delegado Eduardo Galvão, a dupla também é suspeita de ter traficado drogas para países como Portugal e Espanha. O valor da droga apreendida chega a R$ 2 milhões.

Ainda de acordo com o delegado, a dupla já recebeu o carro com a droga escondida na cidade de Colinas, divisa de Mato Grosso com Rondônia. Os dois acusados Johnne e Eber, têm vistos internacionais e verificou-se que os mesmos fizeram viagens para Espanha e Portugal, o que deixa claro que se trata de um grupo ligado ao tráfico internacional de substâncias entorpecentes.

Dupla pode ter traficado na Europa

Na semana passada, a Polícia Federal apreendeu mais de 50 kg de pasta-base também no fundo falso de um utilitário, desta vez no município de Alto Parnaíba. O delegado afirma que o fato coloca a região de Balsas na rota do tráfico internacional. Segundo ele, os dois homens pegos hoje têm visto internacional. A polícia verificou que a dupla já fez viagens para a Europa, ?o que deixa claro que se trata de um grupo ligado ao tráfico internacional de substâncias entorpecentes?, garante Galvão.

Já o delegado Roosevelt Kennedy, da mesma delegacia, explica que a apreensão de hoje não tem relação com um possível tráfico de entorpecentes para o continente europeu. Mas conta que a investigação será encaminhada à Polícia Federal.

Fonte: Riachão net