Com medo, advogada acelera carro e é morta por assaltante

Crimonoso anunciou assalto quando advogada chegava em casa

Uma mulher de 38 anos morreu na noite deste domingo (17) após acelerar seu carro para tentar fugir de um assaltante na Rua Vergueiro, no Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo. A advogada Renata Fabiana de Campos Moraes, se assustar com um assaltante que encostou em seu veículo e saiu com o carro. O suspeitou atirou na advogada, que foi levada para o Hospital Ipiranga, onde morreu.

De acordo com a polícia, Renata chegava em casa em seu Fox preto, pouco depois das 21h, na companhia de uma amiga, quando criminosos se aproximaram do carro. O homem que estava perto da porta de Renata anunciou o assalto. A advogada acelerou o veículo e foi atingida com um tiro na cabeça. O carro ainda percorreu alguns metros até colidir com outros quatro automóveis estacionados na rua.

A amiga também foi internada no Hospital Ipiranga em estado de choque. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP).

Fonte: G1