Com paixão não correspondida, jovem mata amiga com tiro na cabeça

Suspeito tem 19 anos e confessou o assassinato

Um jovem confessou ter atirado contra a cabeça de MarielleVieira, de 18 anos, no Mato Grosso do Sul. Caio Staut, de 19 anos, era amigo da vítima e teria revelado que era apaixonado por Marielle. No entanto, o sentimento não era correspondido.

Segundo o delegado responsável pelo caso, o jovem confessou o crime. "O Caio confessou que realmente a morte de Marielle se deuem razão de um disparo por ele efetuado. Ele alegou que o tiro foi acidental,que não foi intencional", disse.

Staut afirmou em depoimento à polícia que ele e a vítima estavam na casa de Marielle se arrumando para ir para a casa de um amigo. Ele disse ainda que tinha outro adolescente no local.

O jovem relatou que foram se arrumar — um em cada cômodo da casa. Nesse momento, Marielle teria ido ao banheiro para retocar a maquiagem e o cabelo quando ocorreu o disparo do revólver calibre 38, acertando a cabeça da vítima.

Marielle foi encontrada no banheiro da casa e, segundo a polícia, era filha de um policial militar aposentado. O jovem foi atuado por homicídio doloso.

Image title

Image title

Fonte: Com informações do R7