"Como colocam cabeça no travesseiro?",desabafa mãe de bandido morto

O acusado foi amarrado em um poste e morto em São Luis.

Na última segunda-feira (06/07) um homem foi amarrado em um poste e espancado até a morte por moradores do bairro São Cristóvão, em São Luís, no Maranhão, depois de praticar um assalto a uma loja da região. Próximo ao local o clima ainda é de tensão e susto e muitos moradores ainda mantém as portas dos comércios fechadas.

Mas esse clima de tensão não significa arrependimento. “O final foi bom, pois quem acabou morrendo foi o bandido”, contou um morador.

Já os pais do acusado morto discordam da situação. Antônio Pereira da Silva e Maria José Gonçalves, pai e madrasta de Cleidenilson, anda estão assustados com a situação, até porque, segundo eles, o filho nunca teve envolvimento com o crime.

“Eu só queria perguntar como eles estão colocando a cabeça no travesseiro”, desabafa a madrasta entre lágrimas. Mais novo entre os irmãos, ele estudou até a oitava série e usou cocaína aos 15 anos onde continuava até hoje.

“Quando a gente conversou pela última vez eu disse que ele precisava parar com isso e ele disse que ia mudar”, conta o pai do acusado. Desempregado há dois anos, Cleidenilson fazia bicos variados para se manter. Na segunda-feira em que morreu, pintaria geladeira para uma vizinha. Com o dinheiro, gostava de fazer pequenos agrados à família. O último, no Dia das Mães, foi uma TV de 14 polegadas dada a Maria.

Image title

Image title


Fonte: Com informações do Jornal Extra