Condenado o empresário que já foi o mais rico da China

Condenado o empresário que já foi o mais rico da China

O empresário comprou e vendeu moedas estrangeiras através de Hong Kong, o que é ilegal

Huang Guangyu, fundador da rede de lojas de eletrodomésticos Gome e que já foi o homem mais rico da China, foi condenado a 14 anos de prisão por um tribunal de Pequim.

Huang foi condenado por subornos e práticas de negócios ilegais, segundo a agência oficial Xinhua (Nova China). O réu, 41 anos, detido em novembro de 2008, foi indiciado em janeiro de 2009 por práticas de negócios ilegais.

De acordo com a promotoria, o empresário comprou e vendeu moedas estrangeiras através de Hong Kong, o que é ilegal. Também teve envolvimento nas manipulações na Bolsa de uma empresa cotada em Shenzhen e que ofereceu 4,56 milhões de yuanes em subornos (mais de US$ 600 mil dólares) a autoridades, destaca o jornal China Daily.

Os subornos tinham como objetivo obter vantagens para a Gome Electrical Appliances Holdings e sua empresa imobiliária, a Beijing Pengrun Real Estate Development Company.

No ano em que foi preso, Huang Guangyu, de origem humilde, era o primeiro colocado na lista de homens mais ricos da China, na classificação da revista Hurun, e o segundo na lista da revista americana Forbes.

Fonte: Terra