Corpo de atirador de Realengo continua no IML do Rio

Wellington Menezes de Oliveira era ex-aluno da instituição

O corpo de Wellington Menezes de Oliveira, de 23 anos, o atirador que matou mais de dez estudantes em Realengo, na última quinta-feira, continua no Instituto Médico Legal, no centro do Rio.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, nenhum parente do rapaz apareceu no IML para fazer o reconhecimento ou assinar a liberação do corpo.

Caso o corpo não seja reclamado dentro de 15 dias, o jovem será enterrado como indigente, em Santa Cruz. Para a polícia, segundo a rádio CBN, a família pode estar com medo de sofrer represália.

Fonte: Terra, www.terra.com.br