Corpo de homem linchado após estupro é achado dentro de rio

Vítima seria sobrinha do acusado, de 5 anos.

O corpo de um homem que teria sido linchado por moradores após abusar sexualmente da própria sobrinha de 5 anos foi retirado por bombeiros de Sorocaba (SP) das águas do rio que dá nome à cidade, nesta quarta-feira. O crime ocorreu domingo, no Parque Vitória Régia, Zona Norte da cidade, onde o servente de pedreiro I.T.M., de 30 anos, vivia com uma tia da vítima.

A mãe da menina fazia uma visita à irmã quando o suspeito se ofereceu para levar a criança a um parque localizado no bairro. Quando voltaram, a criança tinha as roupas sujas e estava assustada. A menina acabou contando à mãe que o tio a havia levado para um matagal e, enquanto tapava sua boca para que não gritasse, a estuprara.

As duas mulheres chamaram a Polícia Militar, mas o acusado fugiu. A criança foi levada para uma unidade hospitalar onde foi constatada a violência sexual. De acordo com informações colhidas pela PM, o homem acusado da violência foi localizado e espancado até a morte pelos moradores. Em seguida, o corpo foi jogado no rio.

O cadáver encontrado tinha um ferimento na cabeça e vestia roupas semelhantes às usadas pelo suspeito, mas até o final da tarde desta quarta os familiares não tinham feito o reconhecimento. I.T.M. havia saído da prisão em março, após cumprir parte da pena de 11 anos a que fora condenado sob a acusação de estuprar uma jovem de 18 anos, em Guarulhos, em março de 2006. Na ocasião, a Polícia Militar chegou a tempo de salvá-lo do linchamento pelos vizinhos que o cercavam e agrediam.

Fonte: IG