Corpo de jovem morto a facadas passa 6 meses decompondo antes de ser descoberto

A Polícia Civil investiga o caso e busca a identificação do corpo.

Na quinta-feira (16), um corpo foi encontrado por volta das 12h em Chapecó, no Oeste de Santa Catarina. O morador Elio Drexeler afirma que um conhecido passou pelo local para ir ao trabalho, avistou o corpo e chamou a polícia. O cadáver estava a cerca de 80 metros da rua Euclides Prade, no bairro Vila Zonta.


Corpo de jovem morto a facadas passa 6 meses decompondo antes de ser descoberto

De acordo com a Instituto Geral de Perícias (IGP), a morte teria ocorrido há pelo menos seis meses. O corpo, provavelmente de um adolescente, foi encontrado em estado de decomposição avançado. Indícios mostram que ele teria sido assassinado a facadas. No casaco usado pelo jovem há várias perfurações.

A Polícia Civil investiga o caso e busca a identificação do corpo. "Vamos aguardar a análise da perícia para verificar se houve homicídio e também para identificar o corpo", afirma Augusto Mello Brandão, delegado do Departamento de Investigação Criminal (DIC). Os moradores dizem que o local é usado por jovens para o tráfico e o consumo de drogas.

Fonte: G1